Parceria “Cultivando Água Boa”

A Prefeitura de Araxá, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e o Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá) celebraram parceria para implantação do projeto “Cultivando Água Boa (CAB)” no município. A solenidade ocorreu na quarta-feira (30), na Associação Comercial e Industrial de Araxá (Acia).

 

O prefeito Aracely de Paula, a vice-prefeita Lídia Jordão, o secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Johnny Nolli, demais membros da equipe de governo, presidente da Epamig, Rui da Silva Verneque, gerente da Divisão de Operação e Manutenção Oeste da Copasa, Eustáquio Sidnei Milanez Júnior, o reitor do Uniaraxá, Válter Gomes, o presidente da Acia e da Fundação Cultural de Araxá, Márcio Farid, o deputado estadual Bosco, e alunos e professores dos cursos de Agronomia e Engenharia Ambiental da entidade educacional estiveram presentes.

DSC_0580

O programa trabalha de maneira integrada e articulada com vários órgãos de diferentes níveis de governo em favor de um objetivo comum: recuperar a quantidade e qualidade das águas a partir do espaço territorial definido pela natureza que é a microbacia.

 

Neste ano, o Governo de Minas firmou um acordo de cooperação técnica com a Itaipu Binacional, desenvolvedora do programa, e constituiu um grupo de trabalho para elaborar estudos e propor a reestruturação dos programas da administração pública estadual para incorporar as boas práticas e as experiências do Cultivando Água Boa.

 

Em Araxá, o programa será instalado na fazenda que pertence ao Município, onde atualmente funciona o Campo Experimental da Epamig, cedido para empresa agropecuária desenvolver tecnologias para região.

 

“Um projeto em que envolve produção de tecnologias, questão ambiental, questão de qualidade de água, conservação de recursos hídricos, faz parte de toda a missão da empresa e também de todas as parceiras que estão envolvidas. Quando somamos esforços envolvendo a prefeitura, a Epamig, a comunidade, a Copasa, o Uniaraxá e o governo, eu não tenho dúvida que será um projeto de grande sucesso”, ressalta o presidente da Epamig, Rui da Silva Verneque.

 

O prefeito Aracely destaca que a área será também utilizada pelo Uniaraxá com projetos de extensão a serem desenvolvidos pelos alunos e professores dos cursos de Agronomia e Engenharia Ambiental, e abraça com entusiasmo um projeto que incentiva a preservação dos mananciais e das reservas hídricas.

 

Aracely anunciou a formação de uma comissão envolvendo os parceiros do projeto para dar sequência aos trabalhos. “Nós estamos fazendo o projeto em conjunto. Eu acho que há um sentimento realmente de participação. Eu gostaria que todos nós cultivássemos esse sentimento porque não é só aqui que a água é boa, aqui a terra é boa também. As boas sementes produzem grandes frutos”, conclui o prefeito.