Rampa da fonte da Antônio Carlos passa por obras, mas não atrapalha espetáculos no Municipal

ocal foi interditado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e serviço deve durar 45 dias

Foto: Ascom/PMA

Já está cercada por tapumes e passando por obras, a rampa do Mirante que fica na praça Antônio Carlos, na Fonte Luminosa do Teatro Municipal. A chamada Obra do Século, pelo prefeito Jeová Moreira da Costa, foi inaugurada em dezembro passado, no aniversário da cidade, com a presença do Governador de Minas Gerais, Antônio Anastasia.

Nessa semana, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano, João Bosco Borges, anunciou a interdição da rampa, que sofrerá reparos num determinado ponto de curva, onde abateu alguns centímetros. Desde a inauguração a obras vinha sendo monitorada. Ao longo desse período foi constada a alteração e, averiguou-se a necessidade de intervenção no ponto de curva da rampa, onde uma empresa especializada vai solucionar o problema. Nesse período da obra, a rampa será escorada e cercada para evitar que pessoas passem pelo local.

O secretário João Bosco Borges destacou que a revitalização do Centro de Araxá é uma obra composta por quatro partes: A Avenida Antônio Carlos; o Calçadão da Rua Presidente Olegário Maciel; o Teatro Municipal e a Fonte Luminosa com a rampa de acesso ao mirante.

“O único problema constatado aqui é na curva da rampa de acesso ao mirante da fonte. Não há nada de errado com a Fonte ou com o Teatro. O problema é só na rampa, onde houve erro de calculo estrutural. Mas já constatamos o responsável e ele está tomando as medidas cabíveis. E já estamos começando os devidos reparos, que são comuns em qualquer grande obra”.

“Vamos interditar, cercar e escorar para que a empresa especializada possa trabalhar e voltar a rampa no seu devido lugar, realizando os procedimentos devidos acabando com o problema. Enquanto isso o Teatro Municipal continua funcionando normalmente, com suas apresentações. Com relações às solicitações dos bombeiros, já tomamos as providências para atender e não haverá problema algum”, destacou o secretário. A obra deve ser concluída dentro de 45 dias.

Espetáculos no Municipal

Conforme disse o secretário, os reparos estruturais são somente na rampa, sendo que o teatro e a fonte não apresentam problemas. Sendo assim, os espetáculos agendados para o Teatro Municipal não sofrerão alterações de datas e horários, sendo mantidos como estão sendo anunciados. A informação é da assessoria da Fundação Cultural Calmon Barreto. Informações no (34) 3691-7091.

Por Caio Ranieri C/ Ascom

Deixe um comentário