Reunião Água Mineral SindiComércio

Reunião SindiComércio - 16.09.13

O vereador Sargento Amilton (PTdoB) participou de reunião interna com lideranças que tratou novamente sobre problemas na comercialização local da Água Mineral Araxá.

O encontro foi promovido na manhã desta segunda-feira (16) na sede do Sindicato do Comércio (SindiComércio), que também contou com a participação do presidente da entidade, Emílio Neumann, do superintendente das Águas Minerais de Minas (subsidiária da Copasa), Eduardo Raso, do presidente do Conselho Municipal do Turismo (Comtur), Eduardo Tannús, do deputado estadual Bosco e do chefe de Departamento da Secretaria Municipal de Turismo, Mauro da Rocha Júnior.

O produto foi relançado na segunda quinzena de junho de 2012, com presença do governador Antonio Anastasia (PSDB), mas desde então dificilmente é encontrado em bares, restaurantes e estabelecimentos comerciais da cidade.

Além de intervenção contratual por uma empresa multinacional que exige do comércio a compra da sua água juntamente com os demais produtos como refrigerantes, sucos e outros, outro problema apurado foi quanto ao planejamento de distribuição da água local.

Com os empecilhos colocados em pauta, Sargento Amilton espera que a situação tenha uma rápida resolução, tendo em vista que a Água Mineral Araxá ficou fora do mercado durante sete anos e com o seu relançamento a cidade merece ter um produto potencial de sua terra encontrado em todos os lugares.

O vereador lembrou ainda que a Câmara abriu as portas para a causa promovendo um Fórum Comunitário no início de agosto, em seguida ele participou de uma reunião com o presidente da Copasa, Ricardo Simões, em Belo Horizonte, juntamente com as lideranças envolvidas, e agora também contou com a participação do superintendente da subsidiária Águas Minerais de Minas, Eduardo Raso.

“Os turistas só encontram a nossa água em outras cidades e até mesmo na capital mineira. Aqui pouquíssimos locais ofertam o nosso produto e isso não pode continuar acontecendo, principalmente para os turistas que conhecem a nossa água lá fora, mas aqui ela praticamente não é encontrada, uma situação  inaceitável. Além disso, a nossa comunidade tem o direito de optar pelo produto da terra, valorizando e consumindo a nossa marca”, afirma Sargento Amilton.

“As partes envolvidas nesta causa estão empenhadas para que a Água Mineral Araxá também seja forte em nossa cidade, e esperamos que isso se resolva rápido, principalmente com planejamento e investimentos em divulgação”, conclui o vereador.

Uma nova reunião está prevista para outubro para arrematar de vez a questão.

Deixe um comentário