Idosa pode ter sido agredida pela filha, mas se nega a repassar informações

Ela foi atendida no Pronto Atendimento Municipal com ferimentos nas pernas e braços 

Idosa pode ter sido agredida pela filha, mas se nega a repassar informaçõesPor Caio Ranieri

A Polícia Militar em Araxá registrou uma ocorrência de maus tratos contra uma idosa, de 63 anos. Ela chegou no Pronto Atendimento Municipal (Pam), onde chegou com ferimentos nos braços e pernas. Ela, supostamente, teria sido agredida pela filha de 34 anos. Após ser atendida e liberada a idosa negou a se retirar do Pam e retornar para sua casa ou a residência da filha

Segundo relato da mulher, não houve agressão e sim um acidente doméstico do qual resultaram as escoriações, entretanto, ela insistia que não desejava voltar para casa e nem ficar na casa da filha, pois a filha não cuida dela e se apossa de todo o dinheiro que recebe. Os policiais tentaram localizar a filha da idosa, porém ela se negou a fornecer endereço ou outro meio de localizar a mulher, dizendo que não quer envolvê-la em nada, negando-se a repassar outras informações.

Foi acionada uma assistente social que encaminhou a idosa à casa de um amigo, conforme solicitado por ela, ficando a assistente social com a responsabilidade de prosseguir com os procedimentos. Os policiais confeccionaram o Registro de Eventos de Defesa Social para outras possíveis providências.

Deixe um comentário