Ministro da agricultura se reúne com lideranças do Alto Paranaíba

Programa Passo à Frente é tema do encontro em Patos de Minas

mapa das associsações- colorido PNG

Durante abertura do Encontro de Lideranças Regionais do Alto Paranaíba em Patos de Minas (MG), no fim de semana, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, falou sobre o lançamento, no dia 04 de junho, do Plano Agrícola e Pecuário 2013/14, conhecido como “Plano Safra”.

Ele adiantou que o novo plano irá beneficiar ainda mais os produtores, com condições ainda mais acessíveis para obtenção de financiamentos. “Com o Plano Safra, o governo federal será um parceiro ainda mais participativo do Programa Passo à Frente”, lembrou Andrade.

Em seu discurso, o ministro da Agricultura ressaltou a importância da agricultura na economia brasileira. O PIB do setor cresceu 9,7% no 1º trimestre, maior alta desde o segundo trimestre de 1998 (13,9%). “Respondemos por cerca de um quarto do PIB nacional e continuamos com força quando o assunto é exportação”, disse. De acordo com Andrade, as exportações brasileiras do agronegócio atingiram o resultado recorde de U$ 99,5 bilhões. O que proporcionou um superávit de U$ 83 bilhões.

Encontro

O Encontro de Lideranças Regionais do Alto Paranaíba, promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e pela Associação dos Municípios da Região do Alto Paranaíba (Amapar), tem como objetivo debater questões relacionadas ao desenvolvimento regional.

Na ocasião, será lançado o Programa Passo à Frente, realizado em parceria com o Governo Federal, que estimula a união de lideranças para a implantação de políticas de interesse público e regional com foco nos pequenos negócios. Segundo Antônio Andrade, “não há outra maneira de se pensar o desenvolvimento de um município, de um estado ou de um país se não houver união de esforços e convergência de interesses. Sejam eles sociais, empresariais ou políticos”, salientou. Ainda em Patos de Minas, o ministro participará da 55ª Festa Nacional do Milho e visitará a sede da Cooperativa Central Mineira de Laticínios (Cemil).

C/ Ascom

Deixe um comentário